Darkmoon

(Fonte: enterrement, via corvus-s)

 

(Fonte: matraqueagens)

(Fonte: matraqueagens)

Anônimo asked:

para de sumir, eu amo seus textos

Perdoa-me, caro anônimo.

Uso de tua ask para já responder as outras:

Infelizmente, já não tenho tempo para escrever como antes. E a tendência é piorar. Peço-lhes paciência pois, sempre que posso, escrevo aqui.

“Escrever se tornou um dilema
As lentes parecem embaçadas
pela chuva de sentimentos
que transborda de mim
Há falácias por toda parte
Só o que preciso agora
é descansar meus olhos..”

“Próximo à meia noite
o luar insiste em me dizer:
‘São as óperas do teu tambor..
Teu tambor cardial..
São elas que te conduzem’
Ele tinha razão, afinal
eu me deixo levar por minhas óperas
tão enganosas, por sinal.
Eu e minhas pressupostas
condenadas à dor.”

(Fonte: r-a-v-e-n-a, via c-isnenegro)

(via salvius)

(Fonte: ldarknessl, via corvus-s)